[Thecnica Sistemas de Treinamento] Será que passar uns tempos em São Paulo ajuda a alavancar carreira de um arquiteto? 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco
O Site | Quem somos | Contato | Cadastre-se | Apoiadores
Equipe | Perguntas freqüentes

Home   Edições impressas   Cursos e Eventos   Todos os artigos  
Boletins   Anuncie   Quer colaborar?   Dúvidas técnicas  
Google

Você está aqui: Home » Dica sobre sobre Profissão e carreira
Artigo mais recente (veja mais 15 artigos nesta área)

Será que passar uns tempos em São Paulo ajuda a alavancar carreira de um arquiteto?

Por Arq. Me. Iberê Moreira Campos e equipe

Questão colocada pelo leitor

Sou arquiteta e o começo de carreira dá sempre um pouco de insegurança... Agora estou na seguinte situação: alguns grandes amigos da faculdade de arquitetura e de vida têm um escritório onde trabalham com projeto de interiores e design de mobiliário. Atuam no espaço entre Juiz de Fora, Rio de Janeiro e estão começando agora em São Paulo. Como eles sabem do meu interesse de me mudar para São Paulo, eles me fizeram uma proposta para administrar a obra de um apartamento que será reformado nestas cidade. Como eu não tenho o know how de administração ainda, e principalmente por ser em uma cidade que conheço pouquíssimo (onde não conheço os fornecedores, apoiadores e não tenho parceiros...) respondi que seria um pouco irresponsável da minha parte topar neste momento. Portanto eles sugeriram uma outra obra menor em que eu faria uma fiscalização/administração, algo bem mais simples.

Mediante esse cenário, o que fiquei pensando é o seguinte: passar um tempo aí em São Paulo, 2 semanas talvez, visitando lojas entregando meu cartão e gerando um banco de dados com possíveis parceiros. Durante essa visita já realizaria uma coleta de preços de materiais básico para obra apenas para ir sentindo a forma com que cada uma trabalha e para gerar comparativo. Pensei que talvez dessa forma eu iria fazer contatos, estes que eu nunca irei conseguir estando apenas de longe, e que limitaria aceitar trabalhos em São Paulo. Você acha que eu teria um resultado prático real fazendo isso? Ou você acha que a melhor forma com a qual vou aprender é fechando o trabalho e na pratica mesmo do decorrer da obra? Tem algum conselho que poderia me dar diante essas questões?

Desculpe o e-mail grande e as possíveis perguntas exageradas mas é que, como disse anteriormente, esse começo nos traz muita insegurança, principalmente por ser uma cidade tão grande e com um potencial de trazer reconhecimento para um bom profissional. Por isso estou tentando encontrar meios de começar a criar um ambiente seguro de trabalho aí para conseguir aceitar uma obra ou projeto e não “queimar meu filme”. Estou procurando oportunidades de trabalho fixo em construtoras também, em paralelo à isso.


Nossa respostaNão ficou claro o motivo pelo qual gostaria de vir para São paulo, mas o que podemos dizer, com certeza, é que nesta área de obras existe mais mercado nas cidades médias (como Juiz de Fora...) do que em São paulo e Rio de Janeiro. É claro que existem muitas construções e reformas em São Paulo e outras capitais, o problema é que também existem muitos profissionais e a concorrência é grande. Some-se a isso a dificuldade em se fazer conhecido numa cidade de mais de 10 milhões de habitantes, onde mal conhecemos nossos vizinhos. Existe também a questão da qualidade de vida do profissional, que é bem melhor nas cidades pequenas e médias do que nas grandes capitais, a não ser que a pessoa esteja em busca de algo específico (vida social, excelentes restaurantes, compras, cultura, etc.). Em outras palavras, não é porque existem muitas obras em São Paulo que necessariamente existirão muitas oportunidades para um arquiteto iniciante, principalmente se ele não tiver bons contatos na cidade.

Em todo caso, se a idéia é vir para São Paulo, a oferta dos amigos conforme relatado pode ser uma boa oportunidade de vir para a cidade e conhecer de perto como são as coisas por ali. A visita de 2 semanas pode ser interessante, ou então pode vir direto para começar a obra e ir pesquisando e aprendendo á medida que a obra progride. Em qualquer oportunidade, contudo, deve captar e desenvolver contatos. Contatos são sempre bem-vindos, afinal, a gente vive disto, de indicações, dicas e outras informações que vamos coletando no contato com as pessoas.

Em termos de emprego em São Paulo, acho que está um pouco dificil encontrar trabalho fixo que pague minimamente o que o profissional merece. Em geral, o que tenho visto é que as empresas pagam pouquíssimo, sendo que as vagas melhores são oferecidas sempre para os apaniguados, amigos ou parentes. Se a leitora tiver como conseguir uma vaga destas então deve realmente tentar, mas acho que as maiores oportunidades mesmo estão mesmo no trabalho como autônomo. Apesar de menos seguro, é mais rentável e não ficamos sujeitos a chefes inconvenientes ou a ser mandados embora de uma hora para outra, ao sabor dos acontecimentos...


Publicado em 14/05/2018 às 10:59 hs, atualizado em 14/05/2018 às 20:58 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 15 ARTIGOS SOBRE :
Qual o melhor tipo de contrato para o arquiteto ou designer executar obras? Fiscalização, administração ou empreitada?
Quanto o arquiteto ou designer deve cobrar um acompanhamento de obra?
Quanto cobrar num projeto de reforma de uma edificação?
Qual é o valor da minha hora-técnica? Como calculo isso?
O arquiteto na administração de obras: vamos unir o útil ao agradável!
O que fizeram ao nosso país? Será que a saída da presidente Dilma vai melhorar alguma coisa?
O que devo fazer numa visita técnica a uma construção que estou fiscalizando?
O que é uma consultoria e como vender isso?
Como lidar com os clientes que não pagam?
Táticas para pedir (e conseguir) aumento de salário
Porque o arquiteto e o engenheiro civil devem cuidar da administração de obras
Espanhol cresce como ferramenta de trabalho
Perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego(3/3)
Procedimentos em uma entrevista de emprego (2/3)
Preparando-se para uma entrevista de emprego (1/3)

 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da arquitetura, engenharia e construção e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: contato@luzes.org
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.